• Cachoeiras Seguras

Riscos evitáveis

Atualizado: 13 de Set de 2018



São inúmeras as motivações individuais para fazer Turismo de Aventura, Ecoturismo ou passeios por trilhas, cachoeiras praias, rios etc. Todos esses turistas têm em comum a ideia ou a sensação de que o contato direto com a Natureza é agradável e benéfico.


O que todos não têm em comum, o que não é encontrado em todos os indivíduos ou grupos que se dirigem a espaços naturais é a consciência dos riscos inerentes à Natureza e às atividades que se pode realizar lá; é a consciência ecológica, a necessidade de preservação do ecossistema original; a necessidade prioritária de manter-se individualmente ciente e atento às condições locais e seus riscos, principalmente quando em altitude ou em águas, o que implica tanto em seguir as sinalizações e regras quando existem, quanto cuidar-se evitando álcool, drogas ou atividades inconsequentes. Esses comportamentos arriscados são muito comuns, principalmente em praias, trilhas e cachoeiras.


Naturalmente encontramos pessoas conscientes dos riscos na Natureza, que procuram se informar e/ou contratar profissionais qualificados para seus passeios, mas a cada dia é mais frequente encontrarmos pessoas que, com atitudes inconsequentes, colocam a própria vida em risco. Arriscar-se tanto resulta de ignorância quanto a questões de segurança, quanto do cultivo da “Cultura de Risco” muito em voga hoje em dia. A busca da adrenalina, a vontade de ter uma experiência diferente do cotidiano, a crença nos benefícios quase míticos do contato com a Natureza "virgem" é, paradoxalmente, cada dia mais divulgada. Ter uma aventura singular para contar depois é uma mensagem subliminar a praticamente toda publicidade voltada para o Turismo na Natureza. Da adrenalina ao selfie pessoas pagam qualquer preço pela experiência.


E, por fim, riscos resultam também do vandalismo e irresponsabilidade.


A segurança na natureza depende tanto dos visitantes individualmente, quanto dos administradores de empreendimentos (turísticos e esportivos) e profissionais do setor. Afirmamos que em locais onde se cobra entrada para turistas, a segurança deve ser cobrada dos administradores ou gestores, é responsabilidade deles desenvolver projetos para evitar riscos evitáveis, para gerir métodos de segurança e socorro quando necessário, para fiscalizar sua propriedade (pública ou privada) e para planejamento de atividades educativas e esclarecedoras das condições para atividades seguras no local. Empresas de turismo são também responsáveis pela atuação de seus profissionais e pelos pacotes que oferecem. Guias autônomos, que atuam por conta própria são individualmente responsáveis por seus trabalhos.


Turismo de Aventura é atividade recente no Brasil, precisa de mais envolvimento governamental responsável, pois é um dos setores do Turismo com maior crescimento no país.


O Brasil é territorialmente imenso e com grande diversidade natural e cultural, reconhecidamente um dos países com maior potencial para o Turismo de Aventura e não poderá permanecer no amadorismo que ainda vigora em várias regiões.


Compartilhamos da opinião de que, paralelo a projetos de Gestão de Segurança no Turismo de Aventura, campanhas de conscientização de risco, específicas, voltadas para os riscos em locais que recebem grande contingente de pessoas, devem ser lançadas e mantidas.


Acreditamos que podemos desenvolver uma outra atitude frente ao desfrute da Natureza que em nada diminui o prazer das vivências, ao contrário o engrandece. Crianças, jovens, adultos, todos podem trocar a cultura do risco e do espetáculo pelas experiências individuais e significativas para toda vida.


foto: Terezinha Souza, Garganta do Diabo, MG


#cachoeirasseguras


ilustrações: under License CC0, menos a foto de Terezinha Souza

100 visualizações
#cachoeirasseguras  #waterfallsafety

Cachoeiras Seguras procura alertar o público, os consumidores do Turismo de Aventura e Ecoturismo, para os riscos inerentes às atividades típicas desse turismo e para a necessidade de buscar informação sobre segurança quando contratarem serviços oferecidos, quando visitarem parques naturais ou propriedades privadas que oferecem atividades na natureza. Uma campanha de conscientização de segurança e risco, chamando a atenção para a responsabilidade empresarial e dos consumidores e que, por isso mesmo, contribui para a formação de um público exigente, base para a melhoria no setor.

 

 

Waterfall Safety works to alert the public, the consumers of Adventure Tourism and Ecotourism, to the inherent risks found in the typical activities of this sector of tourism and to the need to look for information on safety when contracting services offered, when visiting National Parks or private properties that offer activities in natural environments. A security and risk awareness campaign, drawing attention to corporate and consumer responsibility, and thereby contributing to the formation of a demanding public, the basis for improvement of this industry.

Junte-se à minha lista de contatos
Subscribe to receive news
  • White Facebook Icon

© 2018 cachoeirasseguras - Agradecemos Bayron Valença - Thanks to Bayron Valença the criator of our logo and website - cachoeirasseguras@gmail.com