• Cachoeiras Seguras

Caminito del Rey - Surpreendente e Seguro

Atualizado: 13 de Set de 2018


Trilha cravada nas encostas dos desfiladeiros de Choro e Gaitanejo, Espanha

por Virgínia Miranda


Após a morte de meu filho em uma Trilha na Cachoeira do Indaiá/GO, em dezembro de 2016, lugares como trilhas e cachoeiras passaram a me interessar. Talvez, como se numa conexão espiritual, eu me aproxime dele quando estou nestes lugares que ele tanto amou em vida.

Li a primeira vez sobre o Caminito del Rey ano passado. A matéria falava sobre a trilha aberta nos anos 1903/1905 para construção da Represa Conde del Guadalhorce, ao norte de Málaga, Espanha, que inicialmente era usada para o transporte de material durante as obras. Depois da construção, as estruturas abandonadas foram apodrecendo, algumas partes do caminho desmoronaram, e desde então começou a ser usada por aventureiros e destemidos, para aventuras a partir das quais desfrutavam da vista magnífica do local. Após mortes e inúmeros acidentes o Caminito foi fechado pelo governo espanhol no ano de 2001.

Foi realizada uma grande e dispendiosa reforma, refazendo estruturas e estabelecendo procedimentos de segurança para receber o grande número de pessoas que se dirigem para lá anualmente, e o local foi, então, reaberto em 2015. Hoje é um lugar seguro e com acesso organizado.


Uma bela e segura passagem com cerca de 7 km, cravada nas encostas dos desfiladeiros de Chorro e Gaitanejo! Um visual esplêndido!


Agendamento da visita

 

Como estava com uma viagem programada para a região da Andaluzia em janeiro de 2018, o Caminito de imediato me interessou e passou a fazer parte do meu roteiro. Buscamos informações e agendamos - via internet - o passeio, que custa 10 euros, pagos no momento do agendamento, quando são programadas data e horário.

Lá, já na véspera da visita, ficamos preocupados, pois o tempo estava frio e chuvoso, e por medida de segurança, o local não abre em dias de muita chuva, vento e nebulosidade. A segurança sempre é prioridade, que bom! Mas como numa intercessão divina, o dia amanheceu ensolarado, e vimos no Site Oficial que estaria aberto.


Segurança e instruções para a travessia


Eu e minha filha com o capacete de uso obrigatório

Deixamos o carro no estacionamento local e fomos até a entrada do parque, onde aguardamos com outras pessoas o início do passeio. Após a entrega de um capacete individual (foto), ouvimos, em grupos, as orientações iniciais, que são feitas em inglês e espanhol. Nesta, fala-se sobre a história, a geografia, a biodiversidade local e regras de segurança como não sair da trilha, não distanciar do grupo e não tirar o capacete. Os grupos não podem conter mais de 25 pessoas e não é permitido o ingresso de menores de 8 anos.

O passeio começa com a travessia de um túnel de cerca de 100 m, onde, de cara, vemos o porquê da exigência do capacete. Depois já inicia a passarela, de madeira e corrimãos de ferro, de onde avistamos uma densa mata abaixo. Montanhas, pequenos córregos e pássaros compõem o visual paradisíaco. No caminho existem bancos para descanso, latas para recolhimento de lixo e, sobretudo, muitas placas de orientação e alertas. Há também o pessoal do parque circulando e fornecendo informações. Existe a opção de contratar um guia local, mas não achamos necessário.


Trilha de madeira com corrimãos de ferro. Muito seguro

Ao final do passeio a vista mais bela aparece, quando avistamos a montanha com a trilha cravada sobre ela, e, surpreendidos, vemos que passamos por aquela passarela “tão estreita e alta", sem o menor receio. Existe também uma ponte que liga as duas paredes do desfiladeiro, e este é o melhor ponto para lindas fotos! O percurso dura cerca de 2h e meia e não exige maior preparo físico, apenas estar bem hidratado e com disposição para caminhar. Ao ver as fotos ficamos até assustados, mas após ir e fazer a trilha, vemos como é tudo tão seguro! Inclusive vi grupos de idosos cruzando a passarela com facilidade, descontração e sem medo. E, de fato, é surpreendente.




Durante o passeio joguei parte das cinzas de meu filho sobre um local de onde se avistava um córrego (foto).


Fizemos uma oração...


Era um lugar que ele teria amado conhecer, mas, quem sabe, não me acompanhou lá de cima e, como eu, ficou deslumbrado com tanta beleza!


Valeu... Recomendadíssimo!






Fotos: acervo pessoal de Virgínia Miranda

Mais informações sobre o Caminito Del Rey no Site Oficial:

- https://reservas.caminitodelrey.info 


#cachoeirasseguras #trilhasseguras #turismoseguro

130 visualizações
#cachoeirasseguras  #waterfallsafety

Cachoeiras Seguras procura alertar o público, os consumidores do Turismo de Aventura e Ecoturismo, para os riscos inerentes às atividades típicas desse turismo e para a necessidade de buscar informação sobre segurança quando contratarem serviços oferecidos, quando visitarem parques naturais ou propriedades privadas que oferecem atividades na natureza. Uma campanha de conscientização de segurança e risco, chamando a atenção para a responsabilidade empresarial e dos consumidores e que, por isso mesmo, contribui para a formação de um público exigente, base para a melhoria no setor.

 

 

Waterfall Safety works to alert the public, the consumers of Adventure Tourism and Ecotourism, to the inherent risks found in the typical activities of this sector of tourism and to the need to look for information on safety when contracting services offered, when visiting National Parks or private properties that offer activities in natural environments. A security and risk awareness campaign, drawing attention to corporate and consumer responsibility, and thereby contributing to the formation of a demanding public, the basis for improvement of this industry.

Junte-se à minha lista de contatos
Subscribe to receive news
  • White Facebook Icon

© 2018 cachoeirasseguras - Agradecemos Bayron Valença - Thanks to Bayron Valença the criator of our logo and website - cachoeirasseguras@gmail.com